São centenas de jogos que se baseiam nas 52 cartas mais conhecidas por todo o planeta. Cada canto do mundo, tem um pouco de história que pode contribuir para entender como ele surgiu.

Quem criou o baralho de 52 cartas?

A origem do baralho

A origem do baralho de 52 cartas é um tema que envolve várias teorias e hipóteses, mas sua história não está totalmente esclarecida. Não há um consenso absoluto sobre como e onde o baralho de 52 cartas foi inventado, mas podemos apresentar algumas das principais teorias e referências relacionadas ao tema.

As cartas de baralho foram introduzidas na Europa no final da Idade Média, e sua origem é frequentemente associada a várias culturas do Oriente Médio e da Ásia. Algumas das teorias mais populares sobre a origem do baralho de 52 cartas incluem:

Arábia

Alguns pesquisadores sugerem que as cartas de baralho têm suas raízes no mundo árabe. As cartas teriam sido trazidas para a Europa pelos mouros durante a invasão da Península Ibérica no século VIII. Essas cartas teriam influenciado diretamente os naipes europeus modernos: copas, paus, ouros e espadas, que por sua vez, deram origem aos naipes franceses utilizados atualmente em baralhos de 52 cartas.

China

Outra teoria sugere que as cartas de baralho se originaram na China durante a dinastia Tang (618-907 d.C.). Há referências a "cartas de dominó" que eram jogadas em jogos de azar, e essas cartas podem ter evoluído para o baralho moderno que conhecemos hoje.

Índia

Alguns estudiosos também apontam a Índia como possível local de origem das cartas de baralho. Há evidências de que os indianos usavam cartas para fins de entretenimento e jogos de azar já no século XI.

Europa

Outra teoria afirma que o baralho de 52 cartas se desenvolveu de uma combinação de diferentes jogos e cartas que eram populares na Europa durante a Idade Média. À medida que as culturas se misturavam por meio de rotas comerciais, as cartas de diferentes regiões poderiam ter se combinado para formar o baralho de 52 cartas que conhecemos hoje.

Não há certezas

Apesar das teorias, a falta de documentação e registros precisos torna difícil afirmar com certeza a origem exata do baralho de 52 cartas. Além disso, muitos dos primeiros baralhos e cartas foram feitos de materiais perecíveis, o que dificulta ainda mais a investigação arqueológica.

Em resumo, a origem do baralho de 52 cartas é um mistério histórico e cultural fascinante, e embora existam diversas teorias, não há uma resposta definitiva baseada em referências científicas que possa confirmar sua origem com absoluta certeza. O baralho de 52 cartas se tornou um elemento cultural significativo em muitas sociedades ao redor do mundo, sendo utilizado em uma ampla variedade de jogos e atividades recreativas.


Capibardo

Jogador 2